Alerta: Famílias de baixa renda correm o risco de perder descontos na conta de energia

No Maranhão, atualmente existem 1.094.466 famílias beneficiadas pela Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), programa do Governo Federal que beneficia famílias de baixa renda, quilombolas, indígenas ou pessoas que recebam o Benefício da Prestação Continuada – BPC, com descontos que podem chegar a até 65% na conta de energia.

Dados do Maranhão

O número de famílias recebendo o benefício é variável, pois a cada mês algumas delas perdem o benefício ou por não se enquadrarem mais na renda necessária ou por falta de atualização cadastral. E este é o alerta da Equatorial Maranhão para os maranhenses.

Atualmente 53.392 famílias podem perder o benefício a qualquer momento por falta de atualização do NIS – Número da Identificação Social. E mais de 78 mil estão com inconsistência cadastral junto ao cadÚnico e estão sendo convocadas pelo Governo Federal a procurar o CRAS mais próximo para se regularizar, sob pena de perder o benefício até outubro deste ano.

Confira o ranking dos 10 municípios maranhenses com maior quantidade de famílias sujeitas a perder o benefício a qualquer momento:

Fique atento aos Selos informativos na conta de energia – Embora a situação do cadastro do cliente venha sinalizada na própria conta de energia, por meio de selos informativos, muitos clientes ainda perdem o benefício por falta de atualização cadastral, como destaca a Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Maranhão, Francila Soares. “Nós implementamos três selos indicativos nas contas de energia das famílias que recebem o benefício da TSEE. O selo ‘Cliente cadastrado na Tarifa Social’ identifica que o cliente já está cadastrado, com NIS válido e recebendo o desconto mensal. Já o selo ‘Seu NIS vai vencer, procure o CRAS do seu município’ identifica que nos próximos meses o NIS do cliente ficará desatualizado e ele poderá perder o benefício, sendo necessário regularização junto ao CRAS. E o terceiro selo, ‘Benefício da Tarifa Social cancelado’’, indica que o benefício foi cancelado para a unidade consumidora. Os clientes que se enquadrarem nesta situação também devem procurar o CRAS para regularização e avaliação do status do cadastro”, pontuou.

Francila acrescenta ainda que “as famílias estão recebendo uma mensagem na fatura de energia sinalizando a data limite essa atualização. Nossos leituristas também estão orientando os clientes pessoalmente quando há alguém na residência”, comenta.

Conheça os selos que constam nas faturas da Equatorial Maranhão

Dados sobre famílias aptas a receber o benefício – Além disso, existem muitas famílias que podem receber o benefício, mas ainda não se cadastraram e estão perdendo a oportunidade de pagar uma conta mais barata. Apesar de ser um dos estados brasileiros com maior número de inscritos no programa, ainda existem 598.761 famílias maranhenses que podem receber os descontos. Por isso, a Equatorial segue realizando a busca ativa em parceria com a SEDES e a FAMEM e realizando diversas ações de atualização cadastral.

Por isso, estar atento à sua situação cadastral em relação ao benefício é fundamental para as famílias de baixa renda usufruírem do desconto, verificando sempre os avisos que constam na conta de energia. Também é importante realizar atualização dos dados a cada 2 anos junto ao CRAS mais próximo de casa, levando CPF ou RG; NIS ou BPC atualizados e válidos, e a conta contrato que receberá o desconto.

Além disso, para saber se o NIS está ativo, é possível ligar para a Central de relacionamento da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social: 0800 707 2003. E para realizar o cadastro junto a Equatorial Maranhão, basta que este cliente entre em contato por meio do WhatsApp (98) 2055-0116, falar com a assistente virtual, Clara, na opção Tarifa Social Baixa Renda. Quem preferir pode também acessar o site www.equatorialenergia.com.br ou ir até um ponto de atendimento presencial (agência ou credenciado).

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

YouTube Sotaque

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade